Os tempos mudaram. Empresas e marcas que antes eram amadas e admiradas, hoje estão a um clique da crítica por parte dos clientes. A questão é tão sensível que um bom trabalho de marca se tornou crucial para qualquer empresa.

O aspecto geral de um estabelecimento e, até mesmo, o “cheiro” podem afetar a forma como as pessoas irão se relacionar com o local. As primeiras impressões são indiscutíveis na criação de laços de lealdade por parte dos clientes. Um processo, mesmo que inconsciente, da “percepção da limpeza” pode determinar uma venda, um contrato ou comprometer o sucesso de um negócio.

No varejo, este impacto pode ser ainda mais dramático. Um estabelecimento com sinais de sujeira pode fazer com que as pessoas deixem o local em curto espaço de tempo. Além disso, locais sujos podem ocasionar riscos, como escorregões e quedas. Você se sentiria confortável com a hipótese de um cliente levar um tombo em seu negócio?

Os clientes preferem a limpeza

É fato que as pessoas dão preferência por fazer negócios em um ambiente limpo e organizado. De acordo pesquisas da ISSA (Associação internacional de Limpeza Profissional) 60% dos clientes afirmaram que o ambiente limpo de uma loja os impulsiona a comprar mais; seis em cada 10 pessoas voltam com mais frequência a um restaurante se o mesmo está limpo; da mesma forma que 94% das pessoas jamais voltariam a um local com banheiros sem higiene.

Rodrigo Barros, CEO da Boali, rede nacional de restaurantes com mais de 30 unidades em nove estados brasileiros, vive diariamente esta realidade. “Um dos quesitos na escolha do cliente é se o estabelecimento está em condições de recebê-lo em relação à limpeza, pois o primeiro contato demonstra, por exemplo, se o local apresenta hábitos sanitários adequados”, alerta.

E todos os pontos são importantes, a começar pela higiene pessoal dos colaboradores, que deve ser impecável. Procedimentos padrão de limpeza, uniformes, higienização das mãos, uso de materiais de segurança como toucas e luvas são fundamentais. Também é imperativo cuidar da higiene e controle do local físico e equipamentos, além dos próprios alimentos, que devem seguir normas rigorosas de assepsia.

“Todos sabem que higiene está associada à saúde”, reforça Rodrigo. “Nós vendemos alimentos, então é imprescindível que os locais onde os manipulamos e produzimos sigam todos os padrões de higiene. Afinal, quando alguém se propõe a se alimentar fora de casa, o mínimo que espera é que o alimento não vá fazer mal à sua saúde”.

Vanguarda da limpeza

Christian Rojas, CEO de uma grande franquia internacional de limpeza comercial, com 50 anos de mercado, destaca a importância dos fornecedores de limpeza para a criação de um impacto positivo na imagem da marca. “Nosso sucesso depende do cliente e vice-versa. Por isso, entendemos a relevância dos nossos serviços na formação de gatilhos mentais, como é o caso da ‘percepção da limpeza’, e de como isso pode levar ao sucesso ou fracasso de um estabelecimento”, explica.

Uma dica é oferecer soluções que façam parte da vanguarda da limpeza, como processos customizados e todo o acompanhamento necessário à entrega de uma higienização impecável. E isto vale não só para as gigantes. Em todos os portes de empresa e estabelecimentos comerciais, com mão-de-obra própria ou não, e em qualquer tipo de ambiente, é primordial manter a capacitação constante e estar atento a todas as novas tecnologias disponíveis. É isto que garante eficiência, economia e saúde aos que operam a Limpeza Profissional – uma atividade fundamental na economia brasileira.

Vale lembrar que a imagem da marca também depende dos colaboradores, e que a higiene influi amplamente nas rotinas do trabalho, nos índices de absenteísmo e produtividade dos funcionários. Basta saber que, ainda de acordo com a ISSA, a limpeza reduz em 80% a possibilidade de o indivíduo contrair gripe e diminui em 46% as faltas ao trabalho.

Tudo isso comprova que investir nos melhores produtos, fornecedores e processos de limpeza traz reflexos diretos na saúde, comportamento e na produtividade dos funcionários; que aumenta a satisfação dos clientes e as possibilidades de vendas e negócios; e, ainda, que garante um exemplar reconhecimento para a imagem da marca.

 

 

[Participaram desta reportagem as empresas Boali e Jani-King Brasil].

Fonte: ABRALIMP

Fotos: Pixabay