EMBORA A LIMPEZA PROFISSIONAL NO BRASIL tenha iniciado na década de 1920, só se firmou em definitivo na segunda metade do século, com a mecanização.

Equipamentos como lavadoras tripuláveis e hidrojateadoras, entre outros, representaram um marco por aliar mais eficiência, excelente custo-benefício e ainda poderem ser operadas por trabalhadores sem experiência anterior. Mas a história destes equipamentos começou muito antes disso.

Em 1910, já era possível encontrar nas ruas de cidades europeias máquinas rudimentares com a função de lavar o pavimento. Após a Segunda Guerra Mundial, avanços tecnológicos possibilitaram o desenvolvimento de lavadoras a jato de água, sob pressão, inclusive quente e em forma de vapor.

A limpeza com hidrojateadoras, contudo, ganharia força apenas a partir da década de 1970. Fabricantes estrangeiras começaram a se fixar no Brasil e produzir aqui máquinas que revolucionaram a atividade, possibilitando por exemplo, a limpeza da estátua do Cristo Redentor.

Hoje, há uma imensa gama de lavadoras e hidrojateadoras, com diferentes capacidades e potências, contemplando os mais variados tipos de necessidades e espaços. Além disso, estes equipamentos representam verdadeiros aliados do meio ambiente. Uma lavadora de pisos, por exemplo, pode limpar aproximadamente oito metros quadrados com apenas um litro de água.