Iniciativa da Ambev mobilizará 2.800 catadores de material reciclável durante os dias de folia

Parte do lixo do Carnaval, deixado pelos foliões nos blocos, será transformada em lixeiras.

A iniciativa da Ambev será realizada em cinco capitais: Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Com o material coletado nos dias de folia serão produzidas ao menos 2.000 lixeiras, segundo a companhia.

Estão mobilizados 2.800 catadores e catadoras de material reciclável nessas cinco cidades. Esses trabalhadores estão recebendo uma renda fixa por dia. Também são remunerados pela quantidade e pelo tipo de material recolhido. Veja o vídeo no link abaixo:

https://youtu.be/ewBa1mdBO2U

Todos devem trabalhar com o EPI (Equipamento de Proteção Individual) recebido. Além disso, foram distribuídos sacos apropriados para a coleta.

As equipes que trabalham na coleta têm ainda pontos de apoio para hidratação e banheiros.

 

Coleta será realizada em 5 capitais brasileiras.

Destino do lixo do Carnaval

Todo o lixo recolhido será encaminhado para uma das 45 centrais de coleta espalhadas pelas cidades integrantes do projeto. Lá, será separado e destinado para a reciclagem.

As garrafas, entre outros descartes (latas, vidros, papelão), entrarão para o processo de reciclagem. Depois, serão transformadas em lixeiras e doadas às prefeituras.

Inciativa transformará lixo do Carnaval em 2.000 lixeiras

Para a ação, a companhia conta com a parceria da Ancat (Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis), da agência MAP, da Boomerang e das prefeituras locais.

A criação da iniciativa “Alegria que Transforma” é da agência SunsetDDB.

Peças para a mídia digital alertarão os foliões sobre a necessidade de dar destino apropriado ao lixo produzido.

 

 

Fonte: Catraca Livre: https://catracalivre.com.br/causando/lixo-do-carnaval/