Além de responder pelo conteúdo técnico da Abralimp, a profissional também se dedica a conhecer mais sobre a perfumaria

Na equipe da Abralimp desde julho de 2018, Erika Duarte Francisco, 41 anos, natural de Osasco (SP) é bastante conhecida quando o assunto é capacitação e treinamento. Afinal de contas, a profissional responde pela coordenadoria de conteúdo técnico da associação.

Cabe à coordenadora de conteúdo técnico validar toda a informação técnica produzida e publicada – inclusive manuais – pela entidade ou elaborada em parceria com outras associações, assim como o conteúdo da Uniabralimp. “Além disso, acompanho o atendimento aos associados, às câmaras setoriais e também os cursos”, explica.

“Entrei para a equipe com a atribuição de cuidar do administrativo e, principalmente, dos fornecedores de TI da entidade. E essa é uma parte que sempre gostei muito! Mas, desde que fiquei responsável pelo atendimento aos associados e, posteriormente, pelo conteúdo técnico, o desenvolvimento da relação com esses pares tem sido algo enriquecedor.”, revela a profissional.

No batente desde os 16 anos

Do tipo de pessoa apaixonada pelo que faz, Erika começou a trabalhar aos 16 anos e passou por cinco empregos. O primeiro foi em um escritório de contabilidade. Lá atuava no CPD e também era analista de escrita fiscal. Depois disso, trabalhou por sete anos em um escritório de despachante onde fazia atendimento aos clientes e cuidava dos processos de licenciamento, transferência de veículos e renovação de CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Em 2003 ingressou em uma indústria química, como auxiliar administrativo, onde conheceu o mercado de limpeza profissional. Lá atendia telefone, atuava na recepção…Fez de tudo um pouco durante os 10 anos de casa. Saiu como gerente regional, responsável pela área administrativa e operacional da região Sul/Sudeste.  E também para cuidar da filha Sophia, que acabara de nascer.

Em 2015, após ficar dois anos em casa – “a contragosto”, ela deixa claro. “Não consegui trabalho neste período, mas aproveitei para ter uma convivência deliciosa com minha filha”. então Erika retorna à labuta para atuar como gerente de controle de qualidade em uma empresa de estenotipia/closed caption.

Na prática, ela conferia os textos produzidos pelos revisores e estenotipistas – profissionais responsáveis por gerar as closed captions (legendas ocultas) que tornam acessíveis os conteúdos audiovisuais. “Sai de lá em maio de 2018 e, em julho do mesmo, ano entrei na Abralimp”, relembra.

Amor pelo que faz

Indagada sobre alguma dica ou orientação que utilize em sua rotina para compartilhar, Erika é assertiva: “minha maior dica é um clichê, mas é verdadeira: ter amor por aquilo que você faz. Não acho que seja possível você se dedicar e entregar o melhor resultado sem estar comprometido por inteiro com isso. Nenhum lugar é perfeito, mas acho que quando o seu coração está em um lugar, tudo flui, tudo se resolve, o estresse vem e passa. E você colhe os bons frutos do seu trabalho e esforço”, ensina.

Paciente e determinada, Erika também diz que saber trabalhar para um bem maior é importante para ajudar a sociedade como um todo. “Trabalhamos para levar conhecimento e informação de qualidade a todo o mercado de limpeza profissional”.

Apaixonada pela perfumaria

Quando não está trabalhando a profissional que, é graduada em Ciências da Computação e também em Administração de Empresas, se dedica à filha que acaba de completar sete anos. E também tira um tempinho para assistir vídeos no YouTube.

“É a atividade que mais me relaxa. Atualmente, tenho me dedicado a conhecer e entender mais sobre a perfumaria. Tenho uma pequena coleção e adoro esse tema, essa experiência é fascinante para mim.”, Ir ao cinema e sair com a família também estão entre as atividades de lazer preferidas.

Mas engana-se quem pensa que os deleites acabam por aí. Erika também se desdobra nos cuidados dos bichinhos de estimação: o gato siamês Sansão, de 12 anos; a calopsita Jade; um aquário de água doce; outro de água marinha e uma lagoa com carpas e kinguios. Sim! Ela cuida de tudo com zelo e carinho.

Perguntada se gostaria de ter tempo para atividades extras Erika diz que adoraria “fazer mais coisas, mas não consigo”… Que o diga o crochê, que anda esquecido… “não faço com a frequência que gostaria”.

Mas a lista prioritária de desejos já está bem encaminhada: “Está faltando só fazer uma viagem internacional com a família”, aponta.

Como boa libriana, Erika diz que não gosta de confrontos. Preza por ambientes e relações harmoniosas. “Adoro coisas bonitas”. Porém, confessa: “choro até assistindo filme infantil, mas sou muito prática nas minhas decisões”. conclui.

 

 

Fonte: Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional – ABRALIMP.

Foto: Divulgação