Ricardo Vacaro, ex-presidente e Conselheiro Vitalício da Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional, entrega ao atual presidente David Drake  documentos históricos para compor o livro sobre a História da Abralimp

Na foto, da esquerda para a direita, Rogério Vacaro, diretor na Allia Higiene, Ricardo Vacaro, Conselheiro Vitalício da Abralimp, David James Drake, presidente da Abralimp e Renato Rattis, diretor de Facilities da Abralimp.

Em 1986, nascia a ADPL (Associação dos Distribuidores de Produtos de Limpeza) e que se transformaria anos depois em Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional (Abralimp). O momento inicial era marcado pela assembleia de fundação muito bem retratada na primeira newsletter da Associação, ainda impressa. A publicação, além de trazer momentos importantes do início das atividades da recém criada entidade, também tinha o papel de disseminar conteúdo técnico e relevante ao mercado.

Este documento histórico foi cuidadosamente guardado pelo empresário Ricardo Vacaro, um dos fundadores da antiga ADPL e um dos primeiros presidentes da Associação, ocupando essa importante cadeira por sete anos. O ex-presidente e atualmente Conselheiro Vitalício da Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional decidiu doar todas as edições das newsletters da ADPL à Abralimp para fazerem parte do livro sobre a História da Associação.

Faz parte deste rico acervo do empresário, 22 newsletters (desde 1987), 51 edições da revista HigiPress (atualmente Higiplus), um anuário de 1992/93 e acordos de autorregulação do papel higiênico e da rotulagem de produtos químicos, liderados pela ADPL. “Tínhamos que unir as pequenas peças que faltavam do quebra-cabeça nesta importante obra que resgata a história da Abralimp”, disse Vacaro no momento da doação ao atual presidente da Abralimp, David Drake.

Drake enalteceu a inciativa afirmando que esta doação é fundamental para relembrar concretamente os intuitos da semente que ao longo dos anos resultou na nossa atual realidade associativa. Baseado nisso, podemos reavaliar melhor o nosso presente e, se necessário, nos adaptar para que toda a nossa cadeia produtiva seja mais efetiva no futuro. Para realizar o potencial do mercado profissional de limpeza não podemos esquecer que “uma corrente é tão forte quanto o seu elo mais fraco.”

O diretor de Facilities da Abralimp, Renato Rattis, ressalta que os documentos trazem parte importante da construção da história da limpeza profissional no Brasil. “Há mais de 30 anos, a limpeza profissional era ainda muito rudimentar, era um mercado que buscava por especializações, padronizações, critérios de qualidade, rótulos de produtos de limpeza com informações adequadas ao consumidor. Ricardo Vacaro, além de ser um dos fundadores da Abralimp, atuou para contribuir com a evolução desse segmento. Reconhecer a trajetória do mercado de limpeza profissional e as pessoas que foram protagonistas, aprendendo com as situações relatadas, traz amplo conhecimento para a nova geração da Abralimp”, destacou.

Vacaro testemunhou a evolução do mercado e a liderança da Abralimp neste processo. Exerceu diversas funções ao longo dos anos, como presidente, diretor, coordenador e atualmente Conselheiro Vitalício. “Percebi que o valor histórico destes documentos seria melhor aproveitado pela Associação. Muitos acontecimentos que foram se perdendo com o tempo podem ser contados e recordados novamente. Olhar para o passado e ver que a Abralimp tem um futuro brilhante é muito emocionante”, afirmou.

Na trajetória da ADPL relatada nos documentos, Vacaro se recorda com carinho de momentos como o primeiro congresso Higicon; a mudança da Associação para uma sede maior na Rua Dr. Cândido Espinheira, na Água Branca; a primeira Viagem de Atualização Tecnológica (VAT) para Chicago, em 1989, e a participação de 24 integrantes da Abralimp na feira da ISSA, entre outros momentos extraordinários.

“Na época da fundação da ADPL tínhamos um mercado com zero profissionalismo, trazendo uma tarefa árida para todos os integrantes da Associação que trabalharam para a evolução do setor. Foi uma jornada com grandes mudanças, que levou um longo período”, ressaltou.

David disse que foi graças ao trabalho voluntário dos presidentes e diretores que o antecederam que a Abralimp conseguiu alçar uma posição de destaque no cenário socioeconômico do País. “Em 2020 o mercado percebeu tudo o que vínhamos enfatizando desde o início da Abralimp, ou seja, que a limpeza é essencial para a proteção à saúde das pessoas. Estamos trabalhando muito para que este conceito prevaleça, mesmo com o fim da pandemia. Temos que estar alertas e conscientizar o mercado sobre a importância da limpeza profissional.”

 

  

Documentos trazem parte importante da história da Abralimp, antiga ADPL.

 

 

Fonte: Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional – ABRALIMP.

Foto/Divulgação: ABRALIMP